Postagens Recentes.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Trissexual.

(Imagem: Reprodução)

As amigas se contavam tudo, tudo, do mais banal ao mais íntimo. Eram amigas desde pequenas e não passavam um dia sem se falarem. Quando não se encontravam, se telefonavam. Cada uma fazia um relatório do seu dia e do seu estado, e não escapava uma ida ao súper, um corrimento, uma indagação filosófica ou uma fofoca nova. Deus e todo omundo, literalmente. Janice, Marília e Branca.Branca era a mais nova, mas já casara e já enviuvara, o que despertara um certo pânico protetor nas outras duas. Tudo acontecia rápido demais para a Branquinha.Precisavam proteger a Branquinha da sua vida precipitada, da sua vida vertiginosa. Por isso, Janice telefonou para Marília quando soube que a Branquinha estava namorando um homem chamado Futre, Amado Futre, Rosimar Amado Futre, e que, como se não bastasse isto, ele declarara à Branquinha que era trissexual. Marília não se surpreendeu porque já sabia. Já tinha falado com a Branquinha. As amigas se diziam tudo.― Marília de Deus ― disse a Janice. ― O que é trissexual?!― Bom... Bi eu sei.― Bi eu também sei!― Bi é quando transa com os dois sexos.― Eu sei!― Tri deve ser quando transa com dois sexos e com bicho.― Com bicho?! Janice teve uma visão da Branquinha na cama com Rosimar Amado Futre, o porteiro do prédio e uma cabra. Ou um cabrito?― Bichos dos dois sexos?― E eu vou saber?!, gritou a Marília. Era preciso proteger a Branquinha, cujo marido morto, o Aderbal, já não tinha sido boa coisa. Cujo marido morto ― conforme relato detalhado da Branquinha ― só se excitava quando ela usava uma camiseta do Olaria por cima do corpo, na cama, e morrera de soluço. Algo no piloro. Mas proteger a Branquinha do que, exatamente?― O que é trissexual? ― perguntou a Janice ao seu marido Rubião.― Ahn? ― disse Rubião, acordando.Rubião dominara o truque de segurar um jornal na frente do rosto e dormir sem que a mulher notasse, Janice não entendia como um homem que lia tanto jornal podia ser tão mal informado.― O que é trissexual?― É... é...― Volta pro teu jornal, Rubião.Apesar de ser a mais moça das três, Branquinha fora a primeira a perder a virgindade. Já fizera tudo que pode ser feito sobre uma cama. Ou, no caso dela, sobre uma mesa de jantar ou pingue-pongue, sobre um estrado, numa praia, no meio do campo, uma vez até no último banco de um ônibus intermunicipal, antes de conhecer o Aderbal ― e sempre contando tudo, tudo, às outras duas. Que também contavam tudo que lhes acontecia,só não tinham tanto para contar. A Janice, inclusive, depois de descrever como fora a sua primeira vez, com o Rubião, na noite de núpcias, pedira desculpa às amigas.O que podia fazer? Só acontecera aquilo. Queriam que ela inventasse? A Marília,que ainda não se casara e namorava um dentista chamado João, inventava. Para as outras não pensarem que ela também não tinha uma vida sexual. Mas nem as invenções mais criativas da Marília se igualavam às experiências da Branquinha. E agora um trissexual chamado Amado Futre! Branquinha talvez estivesse indo longe demais. Era preciso proteger a Branquinha.Apesar de vários avisos ("Olhe lá, hein, Branquinha?"), a Branquinha concordou em passar um fim de semana na serra ("Onde tem cabrito", observou a Janice, nervosíssima) com o Rosimar Amado Futre. Ficou combinado que, na volta, contaria tudo para as amigas.Mesmo se voltasse tarde na noite de domingo, telefonaria para contar. Mas veio a noite de domingo, veio a segunda, veio a terça, e nada da Branquinha telefonar. Teria lhe acontecido alguma coisa? Ela estaria num hospital, com um deslocamento, depois do que o Futre lhe fizera? Mordida por algum animal, nos arroubos da paixão? Janice não se conteve e telefonou para a Branquinha. Que estava em casa.― E aí? Como foi?― Nem te conto.E não contou. Apesar da insistência da Janice, e depois da Marília, e depois das duas que, desesperadas, invadiram seu apartamento e exigiram um relato completo do quetinha acontecido, e imploraram para saber o que era, afinal, um trissexual, Branquinha não contou nada. A verdade era que, com sua nova experiência, já não tinha o que conversar com as outras duas.Marília resolveu perguntar ao namorado João, o dentista, o que era trissexual.― Tri?!― É. Tri em vez de bi.― Bi?!― Esquece, João.

Luís Fernando Veríssimo.




Esse super kit de "brinquedos" pode ser seu, é só seguir o DJ Blog e se cadastrar no site da Amor e Sexo Boutique, não percam só até 31/05!!!

3 comentários:

Blog Woman Chic disse...

Ainda não tinha lido este texto. Adorei.
Beijos

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

E o que é mesmo Tri? rsrs A Branquinha não me contou rsrs
BjoBjo;)
Celina Alves
Luxos e Luxos

oam disse...

Ótimo texto!

Bjos
Mirian [www.oavessodamoda.com]